Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

InMyDefence

V o a r

Junho 28, 2019

Nao tenhas medo. Se tiveres ficas e se ficares os anos passam. O tempo voa e quando olhares para tras vais-te arrepender mais do que nao fizeste. Nao tenha smedo porque tu es unico, tu tens sonhos e cancoes que so o teu cerebro conhece, tu sabes que queres mais, aprender conhecer viajar. Entao vai. Se ficares anulas-te, se ficares nao segues, estacionas os passos e ficas...ficas...ficas...

Nao tenhas medo, se der errado conseguiras fazer diferente. Queres mais, vai, sonha e conseguiras. Nao desistas por medo, Nao desistas. Tenta as alternativas, constroi. Agora constroi, e’ tempo.

Nao fiques por medo. Nao desistas por medo. Nao sonhes menos por medo.

Vive. Respira. Sonha. Vai!!

Era ontem

Junho 20, 2019

Ha dias assim como o de hoje! Em que vejo os jardins de Cambridge e me pergunto porque nao posso voltar atras nos tempo e ter vinte anos e estudar la, beber um pint ao fim da tarde e sorrir ao sol. O professor que lecciona na Trinity College ha mais de vinte anos diz que se habituou a Inglaterra, que os seus alunos escrevem imensos trabalhos e nao sao apenas maquinas de decorar como em Portugal, leem pensam avaliam e escrevem a sua analise devidamente fundamentada.

Tambem queria ter sido vizinha em Amesterdao, estive la quando as letras moravam no jardim e as pessoas eram felizes a tirar fotos para o Facebook, agora ja nada disso ha. Que vou ver quando for la? Dantes, as mesas nos canais e as pessoas a conversarem com um copo de vinho na mao, o sofa branco ca fora os amigos a sorrirem, conversas soltas...

Queria ser uma pessoa com um limoeiro, dona de limoes, feliz com os morangos que crescem, as ervas que perfumam o vento, quero ser essa pessoa que tem colares feitos, e pulseiras de perolas que coloca quando abandona a terra ja arada e a florescer.

Vou-me daqui embora, quase a cancao da Maria Papoila, cansei-me disto, as pessoas so ficam presas num lugar por causa de recursos. E’ la que quero o meu limoeiro!

Hoje ouvi uma frase interessante que as relacoes sao o preco que nos dispomos a pagar, que fluem se soubermos que todos pagamos um preco e fiquei a pensar nisto. Nisto e no limoeiro. E nas bicicletas a perder de vista em Amesterdao. E nas cores de Cambridge.

Quando Hamlet se pergunta a si proprio, nao quer responder, mas reflectir.

 

in Aquilo que a Joana gosta!                                                     

                                                                             

Mais sobre mim

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D